quinta-feira, maio 19, 2011

“Como tratas o teu pastor?”


Muitos de nós somos prontos em reconhecer as faltas e defeitos daqueles que servem ao Senhor. O alvo favorito é o homem ou a mulher que está atrás do púlpito – o pastor ou a pastora.

Porém, bem poucos reconhecem as responsabilidades que tem, como membros da igreja, de sustentar com as suas orações, o seu apreço e a sua cooperação os seus pastores de modo a ajudá-los a serem homens que Deus quer que sejam. Eis aqui alguns pensamentos para que tu possas, honesta e especificamente, examinar a tua própria atitude para com Deus na posição de líder na tua igreja.

Tu sempre dizes ao teu pastor o quanto aprecias o seu trabalho? Agradece a sua fidelidade para com o Senhor e a igreja?

Ficarias contente em viver com o salário que ele tem? Poderias suprir as necessidades de sua família com o orçamento do teu pastor e as despesas que ele tem de encarar?

Esperas que ele seja um super-homem? Tens-te compenetrado da sua fadiga e das suas limitações físicas e emocionais? Exiges dele aquela dedicação que não exiges de ti próprio?

Oras regularmente pelo teu pastor? Pedes ao Senhor para protegê-lo do pecado e do desanimo? Pedes ao Senhor para lhe dar poder para pregar e ganhar almas? Oras para que ele tenha paciência para liderar os membros da igreja?

Procuras maneiras de servir de bênção e conforto para sua família? Procuras compreender as pressões que ele sofre de todos os lados? Permites que ele tenha um pouco de tempo para estar com a família, um pouco de tempo livre do fardo do ministério?

Serves ao Senhor fielmente no trabalho da igreja sem ser preciso receber menções ou elogios? Fazes o trabalho que Deus tem dado para fazer quer o pastor repare em ti ou não?

Permites no teu pastor pequenas coisas sem fazeres tumultos cada vez que uma crise se levanta na igreja?

Criticas o teu pastor na presença dos teus filhos, ou na presença de outros membros da igreja ou até de descrentes? Costumas apontar qualquer erro de gramática quando ele prega?

Como reages quando ouve criticas e murmurações acerca do pastor? Encoraja-as ou procuras acabar com elas, deixando o Senhor resolver os problemas que, porventura possas existir?

Deixas que teus sentimentos te afetem cada vez que o pastor falha em te cumprimentar ou em visitar você ?

Rouba-lhes o tempo pedindo-lhe conselhos sobre assuntos que tu próprio podes resolver, sem realmente buscares a resposta na Palavra de Deus?

Ouves as suas pregações com o coração aberto, pedindo a Deus para aplicar essa mensagem a tua vida e as vidas de outros na congregação?

Pergunta – lhe sempre se há alguma coisa que tu possas fazer, de modo a tornares leve o seu fardo?


Vives de maneira que o teu testemunho não seja um embaraço para ele na comunidade e um obstáculo no seu esforço para ganhar almas para Cristo?




Tens feito o propósito diário de deixares que a Palavra pregada possa transformar a tua vida e controlar o teu comportamento? Já pediste ao Senhor para te purificar e fazer de ti a espécie de crente que produza frutos na vida de outros?








Não desprezes o teu pastor! Lembra-te de que tens uma parte importante no seu ministério.
Orações nos bancos da igreja, significam poder no púlpito!




Encontrei este texto em uma revista antiga ...achei interessante e acho que dá para ser usado como leitura no dia do Pastor.



3 comentários:

Karolline Poerner disse...

Olá Alerice!
Achei muito interessante esse texto porque ele questiona pontos muito interessante acerca dos nossos pastores.
Obrigada por compartilhar.
Fica na paz e que Deus te abençoe.

Srtas. Moraes disse...

Oi florzinha, tenho o prazer de ter você como minha seguidora no meu blog arteverartesanatoecia, no entanto queria lhe comunicar que mudei a URL, o blog continuou o mesmo com o mesmo objetivo só mudei o nome, para facilitar a vida de muitos já que era difícil de decorar o nome anterior...rsrs
Como no blogspot está cada vez mais limitado a escolha do nome do blog eu coloquei: também amei. O nome é bem sugestivo, isto porque sempre trago para vocês coisas que vejo na net e amo!! Então eu também amei..rsrs
Depois você entra lá e diga se gostou viu??? Um super Abraço!
Ellen Moraes
www.tambemamei.blogspot.com

Marileide Santos disse...

Olá amiga,
Amei esse texto, amo meus pastores em especial a pastora Eliana e a bispa Sebastiana.

Que o Senhor abençoe a todos os pastores que se preocupam somente em conduzir o rebanho do Senhor aqui na terra.

Beijo.

Postar um comentário